terça-feira, 4 de agosto de 2009

As Tu Déjà Aimé?



Você já Amou?
Pela beleza do gesto.
Você já mordeu?
A maçã com todos os dentes?

Pelo Sabor do fruto
A sua doçura e o seu gosto.
Já se perdeu algumas vezes?
Sim, eu já amei

Pela beleza do gesto.
Mas a maçã era dura,
e quebrei os dentes
Essas Paixões imaturas,
esses amores indigestos
Deixaram-me mal disposto
algumas vezes


Mas os amores que duram

Tornam os amantes exaustos
E o beijo deles demasiado maduro
,
apodrece-nos a língua


Os amores passageiros,
têm febres fúteis
E o beijo demasiado verde
Esfola-nos os lábios
Porque ao querer amar
Pela beleza do gesto,
o verme da maçã
Escorrega-nos entre os dentes
Ele roe-nos o coração,
o cérebro e o resto

Esvazia-nos lentamente


Mas quando ousamos amar
Pela beleza do gesto,
esse verme na maçã
Toca-nos o coração,
o cérebro e deixa-nos

O seu perfume lá dentro

Os amores passageiros,
fazem esforços inúteis
As suas carícias efêmeras,
cansa-nos o corpo

Os amores que duram
Tornam os amantes menos belos
As suas carícias usadas

Dão cabo de nós


Um comentário:

Bárbaro Boy disse...

amo o filme Cançoes de Amor.... essa música tem uma versão francesa que é original e desse filme....