segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

POP


Você, estando ou não na casa dos 20 anos, com certeza já participou de algo que envolva Britney Spears. Isso acontece porque há 13 anos, Britney Spears – 29 – nunca saiu de cena.

“Ela está de volta”? Ela nunca se foi.

Mesmo no período de três anos (2004-2006) em que ficou sem lançar um disco, a sulista dos EUA sempre respondeu por si só à pergunta: “por onde ela anda?" – frequentemente sem resposta quando feita a outras artistas.

Britney desperta interesse. Amor ou Ódio. Curiosidade que muitas outras que surgiram junto ou pós B.S. não despertam. Será que ela está gorda? Magra? Dançando muito? Ou nada? Usando playback? Ou com a voz muito trabalhada? Britney Spears cria essa expectativa há mais de uma década. Ponto pra ela.

Britney Spears se tornou um ícone pop por tudo que a envolve.

Comparada à Madonna, Britney quase não escreve suas próprias letras. Não traz causas mundiais em suas músicas, nem se preocupa em fazer dessa forma. Tudo isso já foi feito.

Madonna é única. Britney também. Algo em especial conecta as divas pop – além do polêmico beijo no VMA – ambas já foram desacreditadas. Enquanto tablóides publicam desde a década de 80 que Madonna chegou ao fim, Spears estampa o mesmo assunto há anos. E ambas continuam. Se reinventam e reforçam o título de Rainha e Princesa em um mundo pop cada vez mais descartável.

Britney oferece em seus erros e acertos a liberdade de viver sem seguir receitas prontas sobre perfeccionismo. Britney não pinta a cara, nem usa fantasias em aeroportos. Ela não precisa, Britney tem expressão e é verdadeira. Assim como Madonna, seus agradecimentos feitos por toda a última década não foram aos gays. Isso é ferramenta de marketing. Ela agradece sempre a seus fãs.

Mesmo que alguns torçam o nariz, o fato é que Britney Spears já se consagrou um ícone pop de grandiosidade só comparada a Elvis Presley, Beatles, Michael Jackson e Madonna. Ícones serão sempre lembrados e suas músicas sempre tocarão hora ou outra. Em 2021, alguém será flagrado catarolando um dos sucessos de Britney, afinal, Oops!...ela sempre fará de novo.

Por: Matheus Varizatto

2 comentários:

Allex Sunshine disse...

Eu simplesmente amei esse texto.

@fabioguetta disse...

ela ja é consagrada afinal apenas ela teve a chance ou seja honra de cantar com rei e rainha do pop( madonna e michael) isso naum é p qqr um, e o povo tem a coragem d qrer comparar ela com lady gaga??? nem rola né?? britney ja é uma lenda...